5 formas de nutrir leads com e-mail marketing

Nutrir Leads

Nutrir leads não é um bicho de sete cabeças, pelo contrário, é uma missão bem simples. Coletar dados dos visitantes é o primeiro passo, afinal, é importante.

No entanto, não basta apenas gerar esses leads, é preciso dar continuidade nessa relação, visando sempre a conversão de clientes.

Por esse motivo, iremos explicar sobre as 5 melhores formas de nutrir leads através do e-mail marketing.

Vamos nessa?

Por que nutrir leads é importante?

O processo de nutrir e captar os leads, é uma maneira de amadurecer as intenções e compras, no mesmo momento em que coleta informações necessárias para todas as fases de compra.

Sendo elas:

  • Aprendizado;
  • Constatação do problema;
  • Avaliação da solução;
  • Análise e compra.

Contudo, nutrir leads é uma estratégia comum do marketing e vendas que utiliza conteúdos, segmentações de público e funil de vendas.

Isso para alavancar os leads da instituição através da jornada de compras.

É iniciado na descoberta de uma necessidade, e finalizado na decisão de compra ou solução do problema.

Como o e-mail marketing auxilia para nutrir leads? 

Essa estratégia de marketing digital tem como principal objetivo auxiliar no estabelecimento de comunicação entre empresa e leads, através de e-mail marketing.

Esse contato é realizado por e-mails que em sua maioria são segmentados por meio de ferramentas de automação.

Como dito, é necessário no aumento das vendas de uma organização.

E levando em consideração que a taxa de conversão digital precisa ser exclusivamente de um grande número de usuários.

E-mail marketing como recurso educativo dos leads

Considerado uma das principais ferramentas de marketing digital, o e-mail marketing se tornou uma estratégia eficiente, capaz de entregar conteúdos certos, para a pessoa certa, no momento em que ela precisa.

Desse modo, você utiliza as necessidades do cliente a seu favor, enviando conteúdos relevantes e que atendam o que eles buscam.

Para acertar no envio, realize pesquisas, busque conhecer ao máximo o perfil dos seus contatos.

Assim, será mais fácil preparar conteúdos e dispará-los, alcançando maiores chances de cliques.

Além disso, aposte em materiais claros, objetivos e que de alguma forma transmitam conhecimento, o cliente precisa ficar com a ideia de ao abrir seu e-mail, ele irá aprender algo novo.

E-mail marketing como forma de engajamento para conversão

O papel do e-mail marketing é de máxima importância para as empresas, principalmente as que atuam via e-commerce.

Seja para engajar, manter um relacionamento com o cliente, aumentar a taxa de conversão, enviar promoções, divulgar novidades ou diminuir a quantidade dos carrinhos que são abandonados.

Uma dica é apostar na distribuição de brindes. Realize a ação com base em um valor X de compras, a forma de pagamento ou ainda, para aqueles que abrem os e-mail marketing e interagem com a sua marca.

Dessa forma, o foco sempre será fazer o cliente se sentir parte do seu negócio.

5 formas de nutrir leads com e-mail marketing

Uma coisa é certa, a nutrição de leads aumenta, e muito, a maneira de conquistar novas compras de acordo com o potencial de cada cliente.

Isso porque busca fornecer conteúdos de qualidade e que sejam capazes de educar e alimentar a relação pré-estabelecida.

Esses conteúdos pode ser inclusive para lançar marcas, serviços e produtos no digital.

Desse modo, existe mais segurança sobre o interesse de cada um dos seus contatos durante a conclusão de uma compra. Proporcionando uma redução de trabalho e eliminado carrinhos abandonado.

Que tal compreender 5 formas de nutrir leads com o e-mail marketing?

Acompanhe!

#1 Newsletter

Uma espécie de boletim informativo que atua como uma publicação de conteúdos periódicos da empresa.

Pode ser enviado a cada quinze dias, toda semana ou apenas uma vez por mês.

O objetivo sempre será, produzir e enviar conteúdos de relevância para a lista de contatos, mantendo-os sempre atualizados.

#2 E-books e/ou Whitepapers

O Whitepapers são conteúdos avançados, com base em estudos detalhados e profissionais.

O seu desenvolvimento baseia-se em materiais produzidos de uma maneira mais técnica. 

Por outro lado, os e-books contam com tons mais descontraídos e menos engessados.

E ele se assemelha a uma publicação editorial, nesse caso o uso de gráficos são importantes, atuando como complemento para o texto.

Geralmente são feitos em parceria com redator e designer.

#3 Email tipo carta

Com base na intimidade entre emissor e receptor, pode ser utilizada uma linguagem mais informal.

Semelhante às cartas, ao final do e-mail pode ter uma mensagem pós-escrito (P.S.), indicando informações ou observações que o emissor gostaria de acrescentar no e-mail.

#4 Divulgação dos conteúdos postados no blog

Divulgar seu blog de maneira certa pode ser um desafio, mas, com dedicação é possível conseguir com rapidez.

Ao subir um texto no blog, tire um trecho que gere curiosidade e que chame a atenção.

Envie no corpo do e-mail, junto ao link clicável para que o cliente acesse o seu conteúdo, te ajudando no engajamento.

#5 Email para carrinho de compra abandonado

É uma mensagem simples de acompanhamento enviada para aqueles clientes que colocam produtos no carrinho e em seguida saem do site sem concluir a compra.

Essa estratégia é conhecida como recuperação de vendas que quase sempre dá certo.

Com isso, entendemos a importância de nutrir os leads.

Agora é com você. Mão na massa!

DEIXE UM COMENTÁRIO!